Black Friday 2019
Brasil

Top Lojas - Black Friday Brasil

No Black Friday Global você encontrará todas as informações sobre o Black Friday no Brasil e no mundo todo. Nós examinamos este evento em vários mercados para que você não perca nenhum detalhe. Além disso, você encontrará os melhores descontos no Brasil fornecidos pelo Picodi, o melhor e maior site de descontos do mundo!

Novos descontos, cupons e promoções - Black Friday Brasil

No Brasil o Black Friday é de longe o maior evento de compras do ano, que cai na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças nos EUA, que ocorre no dia 29 de novembro deste ano.

Esquenta Black Friday Natura até 60%OFF

Confira as ofertas do Esquenta Black Friday 2019 no site da Natura com até 60%...

  • 60%

Cupom de desconto 30% no Black Friday Marisa 2019

Ganhe 30% de desconto com este cupom válido para a seleção de produtos....

  • 30%

Calçados na Centauro até 80% de desconto no saldão pré Black Friday!

Confira a seleção de calçados no site da Centauro e compre com até 80% de...

  • 80%

Smartphones Motorola até 40% de desconto na esquenta Black Friday

Compre seu Smartphone no site da Motorola com até 40% de desconto. Se já tem...

  • 40%

10% OFF em todos os Livros na Saraiva no aquece Black Friday!

Aquece Black Friday na Saraiva com cupom de 10% OFF em todos os livros, exceto...

  • 10%

Aparelho de Limpeza Facial FOREO na Renner com até 50% OFF

Aproveite o esquenta Black Friday na Renner para comprar o aparelho de limpeza...

  • 0

Esquenta Black Friday Vivara Pulseira Life Trends com 30% OFF

Compre Pulseira Life Trends com 30% de desconto no esquenta da Black Friday no...

  • 30%

Cupom de até 30% OFF na Black Friday Antecipada da Centauro

Confira a seleção de calçados com desconto de até 30% OFF no site da...

  • 30%

Black Friday Marabraz: seleção de produtos com até 80% + 5% OFF à vista

Confira a seleção de móveis e objetos para diversos cômodos da casa com...

  • 80%

Black Friday: números e fatos

  • No Brasil e ao redor do mundo o próximo Black Friday acontecerá no dia 29 de novembro de 2019;
  • O pico da atividade de compras ocorre de 11 horas da manhã e 1 hora da tarde e novamente entre as 7 e 8 da noite;
  • Durante o Black Friday, o brasileiro compra em média 3 produtos;
  • Os brasileiros estão planejando gastar em torno de R$311 por pessoa tanto em lojas físicas como em lojas online.

Na temporada de primavera e verão, as ofertas da Black Friday desempenham um papel importante não somente para as lojas online, mas também no que diz respeito à atividade dos consumidores. Com a chegada do mês de novembro, negócios de pequeno e médio porte, bem como as grandes lojas preparam-se para o início da Black Friday. Todos eles anunciam grandes vendas a serem realizadas no final de novembro, em lojas físicas e virtuais.

Curiosamente, para os comerciantes não se trata apenas de brigar para aumentar suas vendas. De certo modo, vendedores e compradores trocam de papel durante a Black Friday. Em circunstâncias normais, os clientes obtêm benefícios comprando regularmente e afirmam assim a sua lealdade. Em novembro, são as lojas que demonstram lealdade aos seus clientes, que pode ser avaliada de acordo com o nível de descontos e a grande disponibilidade de produtos com altas reduções de preço.

Por muitos anos, Black-Friday.Global analistas tem acompanhado de perto as tendências da Black Friday no Brasil e ao redor do mundo. Abaixo, nós apresentamos uma série de estatísticas e fatos interessantes relacionados ao dia de compras mais frenético do mundo.

Black Friday: tendências nos anos passados

O interesse nos descontos da Black Friday

No início, a Black Friday era um acontecimento de apenas um dia nos Estados Unidos. Entretanto, com o passar dos anos, o evento se tornou uma maratona de compras que dura vários dias. O evento às vezes começa na quinta e continua até o fim da semana ou até mesmo do mês. Na tentativa de chamar a atenção dos clientes, algumas lojas iniciam os anúncios de liquidações na segunda-feira. Entretanto, na maioria dos países, o pico de interesse dos consumidores cai no mesmo dia. No Brasil, os dados do Google Trends entre os dias 19 e 25 de novembro mostram que quase a metade de todas consultas relacionadas às vendas da Black Friday são registradas na sexta (41,7 por cento). Outro dado é que o interesse dos clientes virtuais começa a crescer na quarta e decresce no domingo. Essa é uma tendência não somente percebida no comportamento do consumidor brasileiro, ela também se repete em outros países.

A pesquisa conduzida pela entidade Black-Friday.Global em 2018 mostra que 95 por cento dos respondentes da pesquisa no Brasil sabiam da existência da Black Friday. Entretanto, nem todos conseguiram lembrar a data exata, o que explica o gradual interesse no evento nas semanas que antecedem seu acontecimento (Google Trends).

Crescimento das vendas na Black Friday

Dados internos do site Black-Friday.Global no ano de 2018 no Brasil mostram o crescimento de 819% em relação a um dia comum. Este alto número não é incomum. Por exemplo, na Argentina o crescimento foi de 470 por cento, no Reino Unido - mais de 1708 por cento, e na Alemanha - mais de 2418 por cento.

Actividade de compras durante a Black Friday

Diferentemente dos Estados Unidos, os cidadãos de outros países geralmente não tem folga no dia da Black Friday. Embora os picos da atividade de compras online serem ligeiramente diferentes, geralmente eles caem de manhã e à tarde. Na internet do Brasil, a intensidade de compras foi distribuída igualmente entre 9 e 23 horas, com picos entre 11 e 13 horas de acordo com os dados de 2018 do site Black-Friday.Global.

Por outro lado, em países como Turquia, Finlândia, Grécia, Singapura ou Hong Kong, a Black Friday parece que é muito esperada — com base no fato de que a maioria das compras foram feitas logo após a meia noite.

Nível dos desconto versus expectativas dos consumidores

Dados estatísticos dos anos anteriores mostram que a média dos descontos da Black Friday no Brasil caiu discretamente (de 57 por cento em 2017 para 56 por cento no ano de 2018). É interessante notar que os descontos concedidos são aquém do esperado pelos consumidores (eles anseiam por remarcações de 61 por cento).

Compradores de países como Bielorrússia, Grécia e Peru apresentam expectativas altas quanto às reduções de preços (62 por cento). Infelizmente, as lojas desses lugares oferecem descontos de 8 a 10 pontos percentuais inferiores ao esperados pelos clientes. Por outro lado, o monitoramento das ofertas de lojas da Ucrânia, Rússia e Filipinas mostram que os comerciantes desses países estão preparados para oferecer descontos muito mais atraentes, que superam a expectativa dos consumidores.

Percentual dos descontos e expectativa dos compradores

Produtos mais comprados pelos brasileiros

De acordo com a pesquisa realizada entre os brasileiros que pretendem fazer compras na Black Friday, 59 por cento já sabe o que vai adquirir. No que diz respeito ao número de itens comprados, os brasileiros pretendem adquirir em média 3,3 itens. Estatísticas do ano anterior indicam que as categorias de produtos mais populares entre os brasileiros são eletrônicos, vestuário, calçados, cosméticos e perfumes, bem como produtos da China.

Ao redor do mundo, produtos de moda amplamente conhecidos assumem a liderança das vendas na Black Friday. Entretanto, em alguns países como Brasil, Suíça, Índia, Malásia e Romênia são os eletrônicos que prevalecem no carrinho de compras.

Piramide de preferencia de compras

Gastos na Black Friday

Os brasileiros estão planejando gastar mais comprando em lojas físicas durante a Black Friday, cerca de R$311, o equivalente a US$82. Em alguns países, os consumidores têm em mente um orçamento menor, como Filipinas (US$68), Índia (US$69) e Paquistão (US$39). Por outro lado, os consumidores que declararam a intenção de gastar um número recorde foram Estados Unidos (US$485), Canadá (US$430), Reino Unido (US$397), Irlanda (US$339) e Emirados Árabes (US$291).

Gastos na Black Friday

Levando em conta os dados de 2018, quando os brasileiros fizeram compras online, um pouco mais que a metade (51.1 por cento) dos consumidores usaram desktops, 47.9% preferiram usar smartphones e somente 1% usou tablets. Comprar online através do smartphone foi um tendência mundial, observada entre diferentes países como Reino Unido, Alemanha, Turquia e Indonésia.

Metodologia e fonte dos dados

Todos os dados estatísticos provêm do Picodi.com, uma plataforma global de desconto em operação desde 2010, que criou a página Black-Friday.Global, um site dedicado as vendas da Black Friday. As pesquisas conduzidas entre julho e novembro de 2018 entre 23 mil pesquisados de 55 países também foram usadas no presente relatório. Para a conversão de moeda, usamos a taxa de câmbio média do site xe.com.

Uso público

Compartilhe informações sobre a Black Friday com seus leitores! Todas os dados e infográficos presentes neste relatório podem ser livremente usado para fins comerciais e não comerciais desde que indique o autor da pesquisa (Black-Friday.Global) com o link para esta subpágina.

Black Friday 2018

Black Friday 2018 no Brasil

Este evento, que era conhecido até pouco tempo atrás apenas nos Estados Unidos vem ganhando popularidade no mundo inteiro, especialmente nos últimos anos. No Brasil, 95% dos entrevistados disseram conhecer o Black Friday.

A equipe de análises do Black-Friday.Global tem acompanhado de perto esta tendência nos últimos anos. Sabemos exatamente a importância deste evento para os varejistas, o impacto gerado na economia nacional e local, assim como para os consumidores médios.

Como o interesse pelas compras e descontos está crescendo entre os brasileiros no mês de novembro? Quais categorias de produtos são caracterizadas pela maior demanda? Quanto dinheiro os brasileiros gastam durante o período de compras do Black Friday e como eles se distinguem das outras nações? Analisamos as estatísticas do Black Friday com base nas pesquisas realizadas em 55 países para responder às perguntas acima. Confira os resultados da nossa análise.

Reconhecimento Global

AUMENTO DO INTERESSE PELAS OFERTAS DO BLACK FRIDAY NO MUNDO TODO NOS ÚLTIMOS 5 ANOS

O Black Friday é um fenômeno por um motivo. Os dados do Google apontam que, nos últimos cinco anos, o interesse dos usuários online pelo evento mais do que dobrou. Todos os anos, em quase todos os países, a febre das compras resulta em novos recordes de vendas. Apenas nos países do Hemisfério Ocidental, onde as tendências dos EUA parecem mais rápidas, observa-se um aumento moderado nos descontos do Black Friday.

BLACK FRIDAY NO BRASIL

Nos últimos 5 anos, a popularidade deste evento tem crescido de forma consistente. A pesquisa sugere que 60% dos brasileiros participarão do Black Friday deste ano (15,82% a mais em comparação com 2017). A grande maioria dos consumidores vai comprar online e offline (41,85%), o restante escolherá a opção tradicional somente offline (9,28%) ou somente online (48,87%). Para fins de comparação, em 2017 o percentual dos usuários que escolheram comprar apenas nas lojas físicas foi mais que 2 vezes maior (de 9,28% para 23,18%).

Impulsionando a economia global

COMO CRESCEM AS VENDAS NO BLACK FRIDAY EM COMPARAÇÃO COM UMA SEXTA-FEIRA NORMAL

Este grande reconhecimento do Black Friday resulta no aumento das vendas a cada ano. Em todos os 55 países analisados, o número das transações online no Black Friday aumentou significativamente em comparação com um dia normal. Veja a Grécia, por exemplo, onde os usuários compraram 2600% a mais do que o habitual ou a África do Sul, com 2571% de crescimento no número de transações. No entanto, em nenhum outro país o interesse do Black Friday foi tão grande quanto no Paquistão, onde as vendas aumentaram 11.525%.

Não é novidade que novembro é geralmente o mês com a maior margem de lucro. Segundo algumas estimativas, cerca de 20% do faturamento anual é feito em novembro. Além disso, nossos dados internos nos permitem observar esta realidade em determinados mercados como por exemplo, Reino Unido, Grécia e África do Sul, onde uma em cada três transações online acontece em novembro.

Dinheiro de verdade

QUANTO DINHEIRO VÃO GASTAR OS CONSUMIDORES DE DIFERENTES PAÍSES DURANTE O BLACK FRIDAY

Os resultados da pesquisa mostram que os usuários na América do Norte e Europa estão dispostos a gastar mais durante o Black Friday. Pelo contrário, os clientes asiáticos como Paquistão, Malásia e Filipinas estão planejando gastar menos dinheiro.

A média que o “barganhador” brasileiro está disposto a deixar no carrinho de compras durante o Black Friday é R$276. Comparando com outros mercados, este valor representa R$673 a menos que os argentinos, R$708 a menos que os mexicanos e R$1700 a menos que os americanos.

Os sucessos do Black Friday

QUAIS PRODUTOS SÃO MAIS POPULARES NO BLACK FRIDAY

Todos os anos, a imprensa mundial publica diversas fotos de multidões que invadem as lojas de eletrônicos em busca das melhores ofertas. Surpreendentemente os resultados da nossa pesquisa apontam que o segmento de roupas e não de eletrônicos é o verdadeiro foco dos caçadores de ofertas. A categoria de eletrônicos ficou em segundo lugar no ranking. Por outro lado as categorias de acessórios esportivos e roupas íntimas foram classificadas como os itens menos populares para comprar.

Reduções de preço fora do comum

O VALOR MÉDIO DO DESCONTO DURANTE O BLACK FRIDAY

O Black Friday é bem conhecido pelos seus descontos agressivos de até 80-90%. Embora o número de itens disponíveis por poucos reais ou com 90% de desconto seja bem limitado, os participantes do Black Friday podem contar com ofertas legítimas. De acordo com os dados do Black Friday 2017, os maiores descontos estavam disponíveis para os americanos (68% de desconto médio), canadenses (66%) e ucranianos (66%). Foram encontrados descontos menos impressionantes na Russia (58%), Chile (52%), Colômbia (51%) e Argentina (48%). A média mundial está em torno de 55% de desconto.

Como o valor do desconto médio nas lojas brasileiras online atingiu 57% no ano passado, para o Black Friday 2018 no Brasil podemos possivelmente calcular uma média de R$366 economizados.

Números do Black Friday no Brasil

  • 95% dos brasileiros conhecem o Black Friday e 60% estão interessados em aproveitar as ofertas em 2018
  • 31% dos caçadores de ofertas vão escolher comprar online e nas lojas físicas
  • O brasileiro está disposto a gastar uma média de R$280 durante as ofertas do Black Friday, com a intenção de comprar roupas, eletrônicos e calçados.

Metodologia e Fontes de Dados

Este relatório foi criado com base nos dados fornecidos pelo Picodi.com - um provedor global de descontos que existe desde 2010. O Black-Friday.Global - dedicado às ofertas do Black Friday - foi criado pelo Picodi.com. 12.000 participantes de 55 países participaram da pesquisa.

Uso Público

Gostaria de compartilhar as ideias do Black Friday com seu público? Sinta-se à vontade para usar e compartilhar os resultados do relatório e do infográfico de forma comercial e não comercial, contanto que você indique a autoria do estudo (Black-Friday.Global) com um link para esta subpágina.

Perguntas frequentes

O que é o Black Friday?

O Black Friday (ou sexta-feira negra) é um dia especial, no qual as lojas em todo o mundo reduzem os preços dos seus produtos.

Quando é o Black Friday?

Este ano o Black Friday vai ocorrer no dia 29 de novembro.

Vale a pena esperar pelo Black Friday?

Claro que sim! Apesar de não ser a única oportunidade do ano para poupar dinheiro, é somente na última sexta-feira de novembro quando podemos aproveitar descontos tão grandes!

As compras durante o Black Friday são seguras?

As compras online são mais seguras do que comprar em centros comerciais cheios de pessoas. Black-Friday.Global é um lugar seguro, onde é possível encontrar ofertas verdadeiras e atuais para as lojas e serviços confiáveis.

Que descontos posso esperar no Black Friday?

Em média, durante o Black Friday os usuários poupam 55% do valor inicial. Nos primeiros minutos da corrida os verdadeiros caçadores podem garantir produtos por somente um real!